Projeto Lixo e Arte, ajudando a Natureza!

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Letra A - O Jornal do Alfabetizador

Professora de Pimenta Bueno tem perfil publicado em importante jornal de Minas Gerais
ARNALDO B. T. MARTINS

Foto: Reprodução

Pimenta Bueno é uma cidade que deve se orgulhar das boas coisas que tem. Juntamente com o desenvolvimento industrial que vem se consolidando paulatinamente, os recursos humanos evoluem e personalidades despontam dessa terra, enaltecendo o nome do município em outras localidades.

A professora Claudinéia Gimenes, que trabalhou na escola Crivelli e atualmente está como Coordenadora Pedagógica na Secretaria Municipal de Educação – SEMEC, teve seu Perfil publicado pelo Jornal “Letra A”, do Centro de Alfabetização e Escrita de Minas Gerais – CEALE.

Pertencente a uma das classes trabalhistas mais importantes e menos reconhecida, principalmente no que se refere ao justo pagamento pelos digníssimos serviços que oferece à sociedade, a professora acredita no grande potencial da Educação, e se destaca por ações diferenciadas de ensino que oferece aos seus alunos.

Leia abaixo um trecho da matéria publicada na página 16 do Jornal “Letra A”:

Em 2003, Claudinéia assumiu uma turma de 1ª série na Escola Municipal Maria Conceição Ramos do Amaral Crivelli, em Pimenta Bueno. Ela conta que, nesse período, encontrou professores e amigos com os quais desenvolveu muitos projetos, dentre eles, o Festa Junina e o Onde está a escrita? "Nós aproveitamos o interesse dos alunos e promovemos diversas situações para trabalhar a leitura e a escrita", conta. Os projetos integravam festas, danças e comidas típicas, além de tecnologias e mídias, sempre contando com o apoio da escola e dos pais.

(...)

Atualmente, Claudinéia trabalha como coordenadora pedagógica na Secretaria Municipal de Educação de Pimenta Bueno. Após onze anos como alfabetizadora, ela conta que sua experiência em sala de aula contribui muito para o que faz hoje. "Quando olho para trás, penso que se não tivesse passado por tudo o que eu passei, não teria a bagagem que tenho para desempenhar meu trabalho atual."

Sem costume de planejar seu futuro a longo prazo, a educadora deixa as coisas "acontecerem como devem acontecer". Mas uma certeza Claudinéia leva consigo: quer trabalhar sempre com o que mais gosta, a educação. E essa história de amor ainda tem muito tempo pela frente.”

CLIQUE AQUI e leia o Jornal na íntegra, com a íntegra do Perfil da Professora pimentense:


* Obrigada Dado Martins, por sempre valorizar nossa gente!

Nenhum comentário:

Projeto Brincar é Aprender!